Consumo consciente

postado em: Consumo Consciente | 0

O planeta está pedindo socorro há algum tempo. Com o aumento populacional, a produção por bens de consumo também aumenta. É preciso repensar a forma que consumimos para garantir a sobrevivência do planeta. Vamos explicar melhor sobre o consumo consciente. O ideal é entender entender não só o que é. Mas também como podemos contribuir para um mundo muito melhor através de hábitos novos e melhores. Quer entender mais? Vamos por partes!

Definição

Consumo consciente é uma maneira inteligente de se consumir produtos, bens, serviços, recursos e alimentos que não exceda as necessidades. É uma tentativa de diminuir os danos ao planeta, consumindo recursos de forma sustentável e diminuindo o consumo desenfreado e descartes/acúmulos desnecessários.

Hábitos de consumo

O consumo afeta muito além do consumidor. Sobretudo, afeta o meio ambiente, a economia e a sociedade como um todo. Os nossos hábitos de consumo imediatistas resultaram em mudanças climáticas. Por esse motivo é necessário ressignificar a produção e o consumo. O hábito de consumo necessário é entender e pensar o que consumimos e os possíveis impactos que uma compra pode causar. A partir dessa análise, focar em empresas, serviços, hábitos e marcas que ajudam o meio ambiente.

Perguntas necessárias

É essencial questionar cada “necessidade” de compra que você tem. “Preciso realmente disso?” é a pergunta básica de quem procura ser um consumidor consciente. Questione sempre a origem, meios de produção, política sócio ambiental. E leve os questionamentos adiante! Mostre para o máximo de pessoas que não faz muito sentido comprar uma roupa para cada ocasião, acumular bens, desperdiçar alimentos e produtos…

Consumismo desnecessário

Produtos consomem energia, água, petróleo, transporte e muito mais. A produção em série para atender a demanda da população só se mostra nociva ao planeta Terra. Pesquisas e dados confirmam que consumimos muito além do que o planeta pode produzir. Já é óbvio que precisamos tomar medidas urgentes em relação ao modo de produzir e consumir.

Como ser um consumidor consciente?

Comece mudando seus hábitos de consumo. Dê preferência aos produtos nacionais e produtores locais também. Assim você fortalece a economia local e consegue ter mais acesso aos meios de produção. Além das atitudes individuais, você pode e deve cobrar uma postura em esferas mais amplas, que abordamos no tópico seguinte.

Responsabilidade Governamental

Cobrar ações do poder público é fundamental! Por mais que ações individuais e em menor escala sejam importantes, é importante pensar no coletivo. O mundo precisa mudar a lógica de consumo e produção. Logo, leis, regulamentações e fiscalizações são necessárias para trilhar o caminho sustentável com mais segurança. É preciso conscientizar cada vez mais que empresas e governos devem contribuir para a recuperação do planeta Terra. O lucro desenfreado não pode ser a única preocupação governamental e empresarial: o foco deve ser a favor das pessoas e do ambiente em que vivem.

Consumo consciente na moda

A moda pode sim ser uma área a ser trabalhada quando o assumo é consumo consciente. Marcas com roupas versáteis, que apostam no minimalismo e formas de comércio que desaceleram o consumo desenfreado vem ganhando destaque. O ideal é entender que nem sempre precisamos de muito mais que o necessário para viver. Muitas marcas como nós, do Armário Compartilhado, prezam por um mundo melhor através de novas modalidades de consumir moda. Que tal mudar sua maneira de vestir usando melhor seu bom senso em relação ao mundo?

Entendeu melhor a necessidade da sociedade voltar os olhos para o todo? O consumo consciente é uma necessidade e várias iniciativas tem mostrado que é possível sim consumir de maneira mais lógica. Precisamos conservar nosso lar! O Armário Compartilhado também é uma empresa que vai na contra-mão do consumismo. Buscamos empreender pensando sempre no coletivo e em maneiras de impactar positivamente o mundo e o meio ambiente. Visite nosso site para entender melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *