Consumo Consciente: Dicas simples para uma vida mais sustentável

postado em: Novidades | 0

Explicamos, anteriormente e nesse post, o que é o Consumo consciente. O ideal é entender não só o que é, mas também como podemos contribuir para um mundo muito melhor através de hábitos novos e melhores.

Definição

Consumo consciente é uma maneira inteligente de se consumir produtos, bens, serviços, recursos e alimentos que não exceda as necessidades. É uma tentativa de diminuir os danos ao planeta, consumindo recursos de forma sustentável e diminuindo o consumo desenfreado e descartes/acúmulos desnecessários.

Leia mais: Armário Compartilhado: empreendedorismo feminino voltado para o consumo consciente

Como posso fazer minha parte?

Primeiramente, é preciso ter disposição para mudar alguns hábitos básicos da sua vida. Principalmente se você está mais para consumista do que um consumidor consciente. Mas lembre-se que não é impossível! Para ter sucesso nessa mudança você precisará ter disciplina e atenção aos seus antigos hábitos. Vamos listar algumas formas de se disciplinar e contribuir para um mundo melhor.

Pense cinco vezes antes de comprar

Não é por ter o dinheiro que você precisa gastá-lo. Aliás, antes de ceder aos impulsos de compra, pergunte-se “Eu realmente preciso disso? Eu já tenho algo do tipo? Eu já tenho o suficiente disso? Vai me fazer muita falta em um mês? Isso vai ser só mais um acúmulo na minha casa? É essencial? Há outros meios de substituir isso? Posso investir em um aluguel para não acumular algo que usarei pouquíssimas vezes?”. Só após responder todas essas questões, pensar e repensar que você deve fazer a compra ou não.

Dê preferência à negócios sustentáveis

Pense sempre nos negócios sustentáveis como primeira opção de consumo. Além disso, opte pelo aluguel de acessórios, locais, vestimentas e até mesmo carros. É basicamente sempre voltar a sua atenção por meios melhores e mais inteligentes de viver.

Leia mais: Armário Compartilhado: os vestidos mais elegantes por preços inacreditáveis

Aposte no poder dos 3R

O conceito dos 3R foi idealizado na Agenda 21, um termo de ações assinado durante a Eco-92. Aliás, essa foi a conferência sobre o meio ambiente realizada no Rio de Janeiro em 1992, com a participação de mais de 170 países.

Reduzir: opte por produtos que tenham maior durabilidade ou sejam reutilizáveis. Evite todo tipo de produto descartável. Evitar produtos que venham em muitas embalagens também ajuda bastante. Reduza seu consumo, prefira comprar algo um pouco mais caro (e durável) do que algo barato que será prejudicial para a natureza.

Reciclar: o lado de quem ama artesanato adora esse R. É possível reciclar vários tipos de objetos, basta imaginação e disposição. Por exemplo, que tal customizar aquele jeans antigo ao invés de comprar um novo? Que tal utilizar aquelas garrafas pet para fazer um sistema de irrigação para sua horta em casa? As possibilidades são inúmeras!

Reutilizar: nesse R é possível soltar a imaginação e abusar da criatividade. Que tal dar vida nova à objetos até então sem utilidade? Você pode reutilizar copos e recipientes de alimentos, como potes de sorvete, copos de requeijão. As sacolas retornáveis são um ótimo exemplo de reutilização, substituindo as sacolas plásticas descartáveis.

Saiba de onde vem os produtos que consome

Não basta consumir menos, é preciso consumir melhor! Faça questão de descobrir como é o processo de fabricação dos produtos que você consome. Dê preferência ao comércio local e pequenos produtores. Elimine marcas que exploram os funcionários e vão contra métodos de preservação do planeta.

 

Então, gostou das nossas dicas simples para começar um estilo de vida mais sustentável? Mas não deixe essa informação só com você! Fale para amigos, família, conhecidos… Espalhe a palavra do consumo consciente e assim chegamos mais rápido ao resultado de um mundo muito melhor! Até o próximo post.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *