Armário Compartilhado: empreendedorismo feminino voltado para o consumo consciente

Cases de sucesso são ainda melhores quando conhecemos a origem e percebemos a paixão por um mundo melhor aliada ao negócio. Afinal, é sempre bom conhecer a história por trás da marca!
Separamos com carinho informações valiosas sobre o Armário Compartilhado, confira!
Primeiramente, o Armário Compartilhado é uma empresa familiar.  Surgiu a partir de uma conversa entre mãe e filhas. Ana Luisa, uma das sócias, falava sobre o desejo de dividir um armário entre amigas, já que todas compravam peças que usavam poucas vezes, sempre emprestando para outras amigas para variar os looks. Foi através desse papo que o projeto começou a tomar forma, saindo do papel em 2012.
Então, com apenas 26 vestidos das sócias e amigas mais próximas, iniciou-se a história da empresa. Hoje são mais de 800 vestidos, clutches, calçados e acessórios. Todos em constante renovação. Funciona como um Showroom de locação de vestidos, acessórios e calçados de festa.
Nesse post você entenderá um pouco melhor sobre o Armário Compartilhado e suas propostas de negócio e de valor.

Como funciona

O serviço consiste no gerenciamento de um armário compartilhado com peças consignadas por mulheres de todo o Brasil. São vestidos, acessórios e calçados que deixaram de ser
utilizadas pelas proprietárias ou que são pouco utilizados por elas. Por consequência de um marketing consistente, são encontradas e selecionadas peças diferenciadas, de marcas reconhecidas nacional e internacionalmente. Além de tudo são modernas e sofisticadas. Em suma, tudo pensado para atender uma demanda de mulheres que não gosta de repetir roupa mas que optam por não comprar.
Além disso, este nicho de mercado compreende as madrinhas, formandas, debutantes, convidadas em geral. E as festas sempre acontecem, não é verdade? E é nesse ponto que o Armário Compartilhado vem para inovar.

Empoderamento feminino

O Armário Compartilhado empodera todas as envolvidas. Primeiramente, por ser um negócio feito por mulheres. Mãe e irmãs se uniram em busca de soluções inovadoras para revolucionar os armários femininos e a forma de consumir vestidos e acessórios de festa.
Além disso, elas pensaram em empoderar todas as mulheres que fazem parte do Armário Compartilhado. A “Compartilhada”, que é a pessoa que coloca seu vestido para ser alugado, recebe uma comissão por cada aluguel da sua peça. É uma forma de fazer dinheiro com uma peça que ficaria parada do armário.
A cliente que aluga vestidos e acessórios tem a oportunidade de investir um valor modesto em uma peça que usará em apenas uma ocasião. Assim é possível economizar tempo, dinheiro e contribuir para um mundo que consome de maneira mais inteligente – incentivando negócios feitos de mulheres e para mulheres.

Consumo consciente e economia colaborativa em pauta

A ideia é utilizar a empresa para promover oportunidades e debates acerca do consumo consciente e economia colaborativa. Antes de tudo, já parou para pensar se é realmente necessário comprar vestidos para todas as festas que você é convidada? Além disso, você direciona o investimento que faria em peças novas – que ficariam paradas no armário por muito tempo – para outros fins.
Os debates e informações sobre consumo consciente e economia colaborativa já estão sendo fomentados pelo Armário Compartilhado! Pensando nisso realizamos nosso primeiro encontro para debater sobre economia colaborativa e consumo consciente, chamado de AC Conecta. A primeira edição foi um sucesso e contou com a presença de empresas e personalidades que são feras no assunto. Entre convidados selecionados a dedo estavam a Startup Allugator, a marca Feland, a loja Mooca, influenciadoras como Virgínia Sasdelli do BH Dicas, Blog Pra Ser Feliz, Garotas FDP, entre outros. Os convidados marcaram presença esbanjando simpatia e conhecimento. Assim, abrimos com chave de ouro esses encontros tão importantes! E, em primeira mão, os presentes souberam de uma novidade que anunciamos no tópico a seguir!

Franquias

E a melhor notícia vem no final do texto! Pois é, o Armário Compartilhado está expandindo através de franquias! Agora muito mais brasileiras se beneficiarão desse modelo de negócios que revoluciona a forma de consumir e compartilhar moda.
As irmãs Ana Luisa e Juliana Elisei iniciaram no início de 2018 o Projeto de Formatação da Rede de Franquias Armário Compartilhado. Assim, este projeto foi pioneiro no Sistema de Franchising, dando oportunidade à outras(os) empreendedoras(es) distribuídas(os) pelo país. Fique de olho porque em 2019 ainda anunciaremos muitas novidades por aqui!

Então, você conhece alguém que se beneficiaria com esse negócio? Compartilhe o post e ajude mais mulheres a se empoderarem através de looks lindos incentivando o consumo consciente! Fique de olho no nosso instagram @armariocompartilhado e não perca o próximo post com temas imperdíveis sobre economia, empoderamento feminino, empreendedorismo e moda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *